Nespresso perde outra batalha judicial apoiada pelas cápsulas de café Éticos

Nespresso perdeu outra batalha judicial na Suíça para reivindicar as cápsulas exclusivos patenteadas também compatível com suas máquinas comercializadas pela empresa suíça Empresa Cofee Ética.
A batalha judicial da companhia suíça de café, tomada em setembro de 2011 como uma medida de precaução para proibir a venda de cápsulas de café que não pertenciam ao apelar da "patente" do produto levou a uma provisoria proibição de marketing. Recentemente foi lançada a Companhia Cofee Ética cápsulas que esclarece a demanda para a Nestlé. Até, finalmente, 10 meses após a Justiça Federal aceitou o recurso e concedeu à Cofee empresa o retomar da venda de suas cápsulas, bem como as compatíveis da Nespresso que são biodegradáveis. Nestlé anunciou que vai recorrer da sentença do Tribunal Federal.
O presidente da empresa suíça, não é estranho, muito pelo contrário! Jean-Paul Gaillard, presidente da Companhia Cofee Ética, foi o fundador, criador e promotor do clube Nespresso, que catapultou para a fama do sistema, desde 1988.
publicado por much às 18:08 | link do post | comentar